FISIOTERAPIA

É a ciência que estuda, diagnostica, previne e recupera pacientes com distúrbios cinéticos funcionais. O objetivo desta área é preservar, manter, desenvolver ou restaurar (reabilitar) a integridade de órgãos, sistemas ou funções.

Utiliza-se de conhecimento e recursos próprios como parte do processo terapêutico nas condições psico-físico-social para promover melhoria de qualidade de vida executados pelo fisioterapeuta, profissional de saúde, devidamente registrado no Conselho Regional de Fisioterapia com formação acadêmica superior, único profissional legalmente habilitado para prescrever condutas fisioterapêuticas.

PILATES

Não é uma simples forma de ginástica, é um método que educa nosso corpo de uma forma consciente e equilibrada, tornando-o apto tanto para a vida cotidiana quanto para as atividades profissionais. Sua gama de aplicabilidade é bem grande, indo desde a pós-reabilitação até o condicionamento físico de atletas.
Este método é dividido em clássico e contemporâneo e realizado cada um em estúdio específico, a fim de atender de forma mais precisa considerando a capacidade individual de cada paciente.
Pilates Contemporâneo: nessa modalidade são executados exercícios do Joseph Pilates, porém utilizam muitas adaptações, permitindo inúmeras possibilidades de movimentos que garantem benefícios como fortalecimento, alongamento, correção postural, equilíbrio, entre outros, proporcionando melhoria na qualidade de vida para um corpo em harmonia. O contemporâneo propriamente dito, utiliza aparelhos e equipamentos criados por Joseph, porém em formatos mais modernos e vários acessórios não desenvolvidos pelo criador do método.

Pilates Clássico: é um método que trabalha com os exercícios que Joseph Pilates usava e na mesma ordem. Com essa ordem desenvolvida é realizado o aquecimento e resfriamento adequados ao corpo, além de fortalecendo, alongamento, correção postural, equilíbrio, entre outros, proporcionando melhoria na qualidade de vida para um corpo em harmonia.
Seu fim é um desafio para os pacientes; com a progressão adequada, tanto a favor como contra a gravidade: deitado, sentado, ajoelhado e em pé; tendo como objetivo o treinamento completo do corpo e da mente, para estimular o paciente a alcançar o seu potencial máximo, trabalhando o corpo como um todo de forma integrada e o foco sempre no Power Houser (abdômen). O pilates clássico propriamente dito é realizado apenas com os aparelhos e acessórios criados por Joseph, com formato e medidas originais.

ACUPUNTURA

A Medicina Ocidental define a acupuntura como sendo a estimulação de pontos específicos localizados na superfície da pele, que tem a capacidade de alterar diferentes condições fisiológicas e bioquímicas no corpo, a fim de se obter o efeito desejado. Segundo a medicina moderna, os pontos de acupuntura são áreas de sensibilidade, nas quais são introduzidas agulhas para estimular diversos receptores sensoriais que, por sua vez, estimulam os nervos que enviam impulsos para o hipotálamo e para a hipófise, localizados na base do cérebro. Está comprovado que o estímulo pela acupuntura pode liberar endorfinas e neurotransmissores, aumentando assim a produção de neurotransmissores e neuro-hormônios, melhorando o fluxo sanguíneo e estimulando o sistema imunológico.

Efeitos e indicações da acupuntura
As endorfinas desempenham um importante papel no funcionamento do sistema hormonal, além de ser várias vezes mais potentes que a morfina, daí a indicação e eficiência da acupuntura no tratamento de dores em geral, artrites, infertilidade, etc. Além de relaxarem o corpo, as substâncias liberadas pela acupuntura também atuam na regulação de serotonina no cérebro, pelo que muitas vezes a depressão é tratada com acupuntura, além do aumento do número de células de defesa.